Stardew Valley, primeiramente lançado para PC no início de 2016, mais tarde para Xbox One e PS4 e recentemente para Switch é um simulador de agricultura com elementos de RPG incrivelmente divertido e viciante, que se torna ainda mais incrível quando o fato de que foi inteiramente desenvolvido por uma única pessoa é considerado.

Durante uma noite fria, o avô do protagonista morre em sua cama, deixando a ele apenas uma carta a ser aberta quando se cansar da vida moderna. Depois de trabalhar por anos em uma empresa chamada Joja, o protagonista decide finalmente ler o que seu avô tinha escrito, e percebe que tem uma fazenda em seu nome. O jogo, então, se inicia com o protagonista se mudando até essa fazenda.

 

DQp--rnUQAAmQib.jpg large
A história de Stardew Valley é simples, mas eficiente.

 

Robin, a carpinteira da cidade, e o prefeito Lewis recebem o jogador e o apresentam a um decrépito lote de terra que pertencera ao avô do jogador, e reconstruí-lo é seu trabalho. A fazenda pode ter cinco layouts diferentes, dependendo da escolha do jogador: a Fazenda Padrão, perfeita para a agricultura; a Fazenda Entre Riachos, perfeita para a pesca; a Fazenda na Floresta, perfeita para a coleta; a Fazenda na Colina, perfeita para a mineração; ou a Fazenda Remota, perfeita para o combate.

 

DQp-5K_VwAA22UV.jpg large
Robin é a primeira habitante a se apresentar quando o jogador chega em Stardew Valley.

 

As possibilidades de gameplay são muito variadas. No início do jogo, o jogador recebe uma picareta, um machado, uma foice, uma enxada e um regador, para quebrar pedras, derrubar árvores, cortar o mato, arar a terra e regar as plantas, respectivamente. Todas essas ferramentas, com exceção da foice, podem ser melhoradas utilizando cobre, ferro, ouro e irídio. O jogador eventualmente recebe uma espada para derrotar inimigos e uma vara de pesca para capturar peixes, podendo comprar um balde para ordenhar vacas e cabras e uma tesoura para tosquear ovelhas.

 

DQp_KN7U8AAu-qn.jpg large
O jogador começa com as ferramentas básicas, podendo melhorá-las e adquirir ferramentas mais avançadas.

 

A fazenda se encontra em Stardew Valley, região que dá nome ao jogo, aonde também estão localizados a Vila Pelicanos, morada da grande maioria dos habitantes da cidade, do Centro Comunitário e do Mercado Joja, a Praia, o Deserto, a Floresta Cinzaseiva e a Montanha, aonde se pode minerar em busca de pedras preciosas e de recursos importantes para o avanço da fazenda.

O principal objetivo do jogo é completar todas as missões do Centro Comunitário, que consistem em entregar itens específicos para evoluir pontos da cidade, como consertar um ônibus quebrado que dá acesso ao Deserto, consertar a Estufa na fazenda do jogador, entre outros. Porém, algumas missões secundárias podem ser adquiridas em frente ao mercado da Vila Pelicanos ou aleatoriamente em sua caixa de correio.

Cada habitante possui uma barra de amizade, que pode ser preenchida dando presentes e conversando com os mesmos regularmente. Quando uma forte amizade é consolidada, há a opção de casar com qualquer habitante solteiro da vila, o que pode levar ao eventual nascimento de um filho. Cada uma das quatro estações tem 28 dias e envolve alguns festivais que acontecem em dias específicos e oferecem diferentes formas de gameplay.

 

DQp-mvXVoAEgLe6.jpg large
Cada habitante possui uma barra de amizade que pode ser preenchida com presentes e conversas.

 

Por mais que pareça complicada, a jogatina evolui naturalmente e o seu entendimento é simples. Stardew Valley parece acelerar o tempo, já que faz o jogador planejar para o futuro de sua fazenda e se manter totalmente focado na tela. A variedade de atividades possíveis e de itens coletáveis impossibilita o cansaço e mantém o jogo interessante e divertido indefinidamente.

A trilha sonora é, como a jogabilidade, relaxante. Cada música se encaixa no contexto da jogabilidade e remete aos velhos tempos de Harvest Moon – não é surpresa que um vinil com as músicas de cada estação tenha sido lançado pelo criador do jogo. Os gráficos em pixel art são muito bem feitos e um presente para os olhos, apresentando cores vibrantes. Cada sprite e animação parece natural e representa perfeitamente o que precisa ser representado.

 

DQp_XNOU8AEqEBe.jpg large
Os gráficos em pixel art apresentam cores vibrantes que são um presente aos olhos.

 

A navegação pelos menus, importante para organizar os itens e checar o progresso das missões ou o mapa de Stardew Valley, é bem implementada utilizando um controle, mas algumas ações são estranhamente impossibilitadas, e só funcionariam com um mouse e teclado. É impossível prender uma isca à vara de pescar, por exemplo. Esses pequenos problemas, porém, pouco atrapalham a jogatina.


Conclusão

Stardew Valley é um jogo relaxante e extremamente divertido. A variedade de atividades para realizar mantém o jogador preso à tela e torna esse um dos jogos mais viciantes dos últimos anos. Merece ser jogado por qualquer pessoa que tenha acesso a ele, principalmente considerando o seu preço atual.


O melhor

  • Variedade de atividades realizáveis
  • Evolução natural e entendimento simples da jogabilidade
  • Trilha sonora relaxante
  • Gráficos belíssimos em pixel art
  • Controles bem implementados para o joystick

O pior

  • Tempos de salvamento entre dias podem ser muito longos
  • Algumas ações só podem ser realizadas com mouse e teclado

 

9,5/10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s