Retimed é o jogo de estreia da desenvolvedora Maniax Games, formada por quatro amigos suíços. Devido a uma forte inspiração pelo filme Matrix, de 1999, e um grande interesse por fazer um jogo próprio, o fizeram. O jogo foi lançado dia 20 de setembro de 2018 para o Switch e será lançado em 2019 para PC.

Retimed é um shooter 2D multiplayer de arena que mistura combates em slow-motion com todo o gameplay que já conhecemos desse gênero. O jogo se resume a tentar matar inimigos, mas somente com um tipo de arma e com o recurso de parar o tempo. Por ser tão simples, não tem narrativa, e isso é ruim, mas tem um ponto positivo: ter tanta praticidade. Abra o jogo, chame amigos e a diversão está garantida.

Como já disse, o jogo não tem história, mas o jeito como fizeram o jogo é interessante. Ainda em tempos de faculdade, Max (programador) e Annika (diretora de arte) se motivaram a criar um jogo com suas influências — queriam principalmente envolver o seu filme favorito nele. Depois de experimentar todos os tipos de diferentes estilos de movimentos e mecânicas em slow-motion, descobriram uma mistura interessante entre a jogabilidade em câmera lenta e o ritmo acelerado. Os dois alunos estavam confiantes e decidiram transformar o protótipo em um jogo completo. Juntaram com mais dois amigos, e como resultado, “terminaram” seu jogo.

Duckinbetween
O slow-motion é o maior destaque no gameplay.

Retimed tem mecânicas facílimas de entender, apesar de serem, na maior parte, complexas. Basicamente você só tem como correr, pular, parar o tempo, atirar e dar dashs no eixo x. Sobre a habilidade de pausar o tempo, ela funciona abrindo uma bolha em volta de um pequeno raio que parte do personagem que a acionou. Se o inimigo estiver englobado, também sofrerá essa ação, e assim começam os tiroteios. Entendo muito sobre desenvolvimento de jogos 2D no Unity — a mesma que o jogo foi feito —, e posso dizer que todas as mecânicas foram muito bem implementadas. É muito polido.

dashinsquares
As mecânicas são muito bem feitas.

O jogo tem vários modos de jogo e seis mapas jogáveis, cumpre sua promessa, mas sinto muito a falta de modos de um jogador. Na minha visão, seria obrigatório um jogo desse gênero ter. Tive que chamar um amigo para jogar comigo, e por isso fazer uma análise nunca foi tão estranho, mas foi extremamente divertido.

Retimed 03
A quantidade de mapas é satisfatória, e a qualidade deles é incrível.

O fator replay do jogo é muito bom, mas somente se você tiver pessoas à sua volta disponíveis para jogar. Aliás, só o compre se tiver, porque você só pode jogar com 2 ou 4 pessoas. Sobre a atmosfera do mesmo — o meu comentário pode parecer vago — mas o estilo cartunesco do jogo me traz um sorriso no rosto sempre que vejo. Traz uma felicidade que talvez só seja explicada pela sua boa infantilidade. Me lembra desenhos como os da Cartoon Network.

A trilha sonora e os efeitos sonoros parecem se integrar a seus ambientes. Suas músicas são bem trabalhadas, ilustram seu sentimento animado e não enjoam. Seus efeitos sonoros entregam o esperado, apesar que o som de tiro não me parece o adequado, pois é muito realista — oposto completo a todos os outros aspectos do jogo.

A direção de arte é sensacional, como já falei em vários momentos dessa análise, porém o design dos personagens é duvidoso. Existem quatro personagens, e nenhum deles parece ser do mesmo estilo que os outros. A única semelhança é o contorno preto em volta. Apesar disso, as animações são bem detalhadas, o que parece tornar mais fluido o gameplay, já que sua proposta é ser rápido.

Retimed 06
A coerência visual dos personagens, na minha opinião, deixa a desejar.

Um comentário que devo fazer antes da análise é que conversei com parte da equipe, e eles me disseram que em 2019 será lançada uma atualização com campanha e multiplayer online. O jogo será completo, mas achei muito estranho eles não esperarem mais um pouco para lançá-lo. Julgo que esse foi de longe o maior erro, mas tudo bem. Aliás, agradeço a Annika e o Max por terem me tratado tão bem.

Apesar de tudo, Retimed é um dos títulos que ainda me fazem ter esperança na indústria gamer. Uma equipe jovem e que tem um grande futuro pela frente criou um jogo que honrou suas expectativas e ainda vai divertir muitas famílias e muitos grupos de amigos. Conquista todos pela sua praticidade e diversão.


Conclusão

Retimed é um jogo que acerta em quase todos os pontos relacionados ao gameplay, mas peca em não ter modos singleplayer (ainda). É uma experiência extremamente agradável e que chega exatamente onde os criadores queriam que chegasse. Será um jogo ainda melhor quando estiver completo.


O melhor

  • Praticidade
  • Diversão garantida com amigos e/ou familiares
  • Visual agradabilíssimo
  • Trilha sonora que encaixa muito bem com sua temática

O pior

  • Foi lançado incompleto, apesar de funcionar bem sem o restante
  • (Ainda) Não tem modo singleplayer

8/10

(Cópia para análise gentilmente cedida pela Maniax Games)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s