Listas

Os 10 melhores jogos indie de aventura

Os jogos de aventura se caracterizam, em geral, por focarem em sua narrativa ou exploração. Para melhor guiar suas compras, listamos aqui os dez melhores indies que se auto-denominam de aventura:


10. Kentucky Route Zero: TV Edition

Os sete anos de lançamento de Kentucky Route Zero finalmente foram concluídos com o quinto e último ato para PC, acompanhado pelas versões de PS4, Switch e Xbox One — e a Cardboard Computer se certificou de terminar essa história cativante e intrigante de mistério existencial em grande estilo. Suas mecânicas de point-and-click e seus visuais quase inacreditavelmente belos fortalecem sua narrativa. Num todo, Kentucky Route Zero: TV Edition é uma obra-prima que mostra a força independente no mundo dos games.

Lançado em 28 de janeiro de 2020. Disponível para PC (em cinco atos), PlayStation 4, Switch e Xbox One.

Comprar: Steam| PlayStation Store | Microsoft Store


9. Brothers: A Tale of Two Sons

Desenvolvido pela Starbreeze Studios, Brothers: A Tale of Two Sons é facilmente o jogo mais contemplativo e emocionante do estúdio, talvez pela direção de Josef Fares, cineasta que mais tarde também dirigiria A Way Out. A mecânica inovadora do jogo consegue criar uma sensação de cooperação, mesmo se jogado sozinho. Isso tudo sem contar com o mundo criado, extremamente expressivo e, consequentemente, muito imersivo, complementado por uma linda direção de arte.

Lançado em 7 de agosto de 2013. Disponível para PC, PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360, Xbox One, Android, iOS e Windows Phone.

Comprar: Steam | PlayStation Store (PS3) | PlayStation Store (PS4) | Xbox Marketplace | Microsoft Store (Xbox One) | Google Play | App Store


8. Embracelet

Comecei a jogatina de Embracelet sem saber o que esperar, e terminei a mesma quatro horas depois aplaudindo, secando as minhas lágrimas e querendo jogar de novo, sentindo aquela sensação quentinha no coração, como aquela que se sente com o abraço de alguém que gostamos. O jogo é um abraço virtual da Machineboy para qualquer um que queira jogá-lo. De alguma forma, ele conta uma história clássica e apaixonante de amadurecimento com uma reviravolta que faz o jogador sentir tudo e mais um pouco, ainda assim sem tropeçar em si mesmo.

Lançado em 24 de setembro de 2020. Disponível para PC e Switch.

Comprar: Steam


7. Untitled Goose Game

Untitled Goose Game não é profundo, nem requer muito pensamento. Mas ele é muito, muito, muito divertido, e isso basta para o que ele quer ser. Depois de Push Me Pull You, a House House prova, mais uma vez, que consegue transformar qualquer ideia mirabolante em uma experiência como nenhuma outra, engraçada do início ao fim.

Lançado em 20 de setembro de 2019. Disponível para PC, PlayStation 4, Switch e Xbox One.

Comprar: Steam | Epic Games Store | PlayStation Store | Microsoft Store


6. Journey

Journey, da Thatgamecompany, é um daqueles jogos que surgem de tempos em tempos para nos fazer refletir sobre a própria indústria dos games. Em muitos aspectos, ele é o extremo oposto da indústria. Journey é lento, vazio, linear e solitário. O jogo valoriza a contemplação mais do que estímulos visuais baratos. É como uma poesia em forma de game, enquanto muitos outros mal conseguem ser uma propaganda da tekpix. Se hoje há espaço para jogos mais reflexivos, foi porque Journey e outros tiveram coragem de desbravar esse campo deserto.

Lançado em 13 de março de 2012. Disponível para PlayStation 3 e PlayStation 4, e futuramente para PC.

Comprar: Epic Games Store | PlayStation Store (PS3) | PlayStation Store (PS4)


5. The Stanley Parable

Comentando em assuntos polêmicos como liberdade de expressão e livre arbítrio, The Stanley Parable, da Galactic Café, consegue magistralmente criar um balanço tênue entre o cômico, o sádico e o divertido.

Lançado em 17 de outubro de 2013. Disponível para PC.

Comprar: Steam


4. Night in the Woods

Poucos jogos conseguem ser tão carismáticos quanto Night in the Woods, da Infinite Fall e Finji. O design de personagens, muito fofo e cartunesco, colide com temas seríssimos da melhor forma possível. Os diálogos são tocantes e a trilha sonora torna qualquer situação muito mais interessante. É difícil descrever as sensações que o jogo transmite, mas todos os seus aspectos conjuntamente o tornam um dos indies mais memoráveis de todos os tempos.

Lançado em 21 de fevereiro de 2017. Disponível para PC, PlayStation 4, Switch e Xbox One, e futuramente para Android e iOS.

Comprar: Steam | PlayStation Store | Microsoft Store


3. Life is Strange

Uma história forte não basta para tornar um jogo bom. Mas quando essa história se encontra com uma jogabilidade cativante e tão interessante quanto em Life is Strange, da Dontnod Entertainment, é sucesso na certa. A mecânica de viagem no tempo, utilizada com muita eficácia para contar a história de Max, Chloe e de toda a cidade de Arcadia Bay, faz o jogo se destacar do resto, e as escolhas carregam todo o peso que um fã de jogos de aventura espera.

Lançado em 30 de janeiro de 2015. Disponível para PC, PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360, Xbox One, Android e iOS.

Comprar: Steam | PlayStation Store (PS3) | PlayStation Store (PS4) | Xbox Marketplace | Microsoft Store | Google Play | App Store


2. The Red Strings Club

Da Deconstructeam, The Red Strings Club é um passo importante da indústria dos games em direção ao reconhecimento artístico que ela merece. Não se limitando a uma direção de arte bem-feita, uma trilha sonora atmosférica e um gameplay interessante, o jogo quebra barreiras com sua narrativa espetacular, tratando de assuntos extremamente atuais e importantes de uma forma sensível e profunda, sendo capaz de fazer refletir e arrancar emoções até dos mais resistentes.

Lançado em 22 de janeiro de 2018. Disponível para PC e Switch.

Comprar: Steam


1. Stardew Valley

Desenvolvido por uma única pessoa, Eric Barone — mais conhecido como ConcernedApe –, Stardew Valley é muito mais do que um simulador de fazenda, ou até mesmo do que uma homenagem aos antigos jogos de Harvest Moon. Além de uma jogabilidade viciante, ele consegue criar um mundo acreditável e cheio de carisma, onde não só cada pessoa, como cada animal e pedaço do mapa possui uma personalidade única e memorável graças a uma direção de arte impecável. Assim, o jogador se perde nesse universo maravilhoso, onde horas passam como minutos.

Lançado em 26 de fevereiro de 2016. Disponível para PC, PlayStation 4, PlayStation Vita, Switch, Xbox One, Android e iOS.

Comprar: Steam | PlayStation Store (PS4) | PlayStation Store (PSVita) | Microsoft Store

Next Article
Sunlight — Análise
Comments (0)

Deixe uma resposta

Não perca nenhuma novidade!
%d blogueiros gostam disto: