Artigos

Os 100 melhores jogos indie de todos os tempos

Desde seus primórdios nos anos 70 e 80, a indústria dos jogos indie fornece uma alternativa aos jogos AAA. Com a revolução da distribuição digital, no fim dos anos 2000 e início dos anos 2010, porém, o cenário “explodiu” com novos desenvolvedores e ideias. Com tantos jogos sendo lançados a todo o tempo, fica até difícil encontrar os melhores. Por isso, através de uma votação com a equipe do The Game is a Lie, escolhemos os 100 melhores jogos indie de todos os tempos, considerando não só qualidade, mas também pesando seu impacto cultural.


100. Dear Esther

Praticamente o fundador do agora popular gênero dos “simuladores de caminhada”, Dear Esther compensa seu gameplay simples com uma história cativante contada de pouco em pouco e um impacto imensurável na indústria independente, que acabou por criar muitos outros jogos também presentes nesta lista.

Lançado em 12 de fevereiro de 2012. Disponível para PC, PlayStation 4, Xbox One e iOS.

Comprar: Steam | GoG | PlayStation Store | Microsoft Store | App Store


99. VVVVVV

De Terry Cavanagh, mesmo criador de Super Hexagon, VVVVVV é uma grande homenagem aos jogos dos anos 80, com gráficos e mecânicas simples de plataforma. Sua dificuldade acentuada e mecânica de mudança de gravidade fazem o jogador voltar a tentar de novo e de novo, resultando em uma jogabilidade rápida, dinâmica e, principalmente, muito divertida e satisfatória. O jogo também consegue apresentar um humor sinistro, popular entre muitos indies, além de uma trilha sonora de tirar o chapéu.

Lançado em 11 de janeiro de 2010. Disponível para 3DS, Commodore 64, PC, PlayStation 4, PlayStation Vita, Switch, Ouya, Pandora, Android e iOS.

Comprar: Steam | GoG | PlayStation Store (PS4) | PlayStation Store (PSVita) | Google Play | App Store


98. Pyre

Com uma história profunda em um cenário de alta fantasia, Pyre oferece um gameplay único que mistura elementos de RPG, ação e, estranhamente, esportes, de forma muito coesa. Os ambientes desenhados à mão com cores vibrantes lembram do jogo anterior da Supergiant Games, Bastion. O enredo cheio de escolhas e personagens interessantíssimos é a cereja do bolo, acompanhado por uma música que cria uma atmosfera vibrante e se adapta a cada situação.

Lançado em 25 de julho de 2017. Disponível para PC e PS4.

Comprar: Steam | GoG | PlayStation Store


97. Darkest Dungeon

Desde o início, o gameplay de Darkest Dungeon requer muito pensamento e tática, tornando-o um desafio e tanto. O ponto mais forte do jogo, porém, é sua capacidade de criar uma atmosfera, seja com sua dificuldade implacável, história, música ou direção de arte, que prende o jogador, o envolvendo nesse mundo punitivo e árduo. Uma sequência, Darkest Dungeon 2, já foi anunciada pela Red Hook Studios, e esperamos o melhor!

Lançado em 17 de janeiro de 2016. Disponível para PC, PlayStation 4, PlayStation Vita, Switch, Xbox One e iOS.

Comprar: Steam | GoG | PlayStation Store (PS4) | PlayStation Store (PSVita) | Microsoft Store | App Store


96. Prison Architect

Prison Architect, inicialmente desenvolvido pela Introversion Software e depois pela Double Eleven, foi lançado oficialmente só em 2015, mas já pôde ser jogado desde 2012, lançando um diagrama que seria depois utilizado em inúmeros jogos de simulação, por sua natureza dinâmica e intuitiva. Seja em construções de complexos comerciais em Another Brick in the Mall ou de aeroportos em SimAirport ou Airport CEO, a influência de Prison Architect é agora inescapável no cenário independente.

Lançado em 6 de outubro de 2015. Disponível para PC, PlayStation 4, Switch, Xbox 360, Xbox One, Android e iOS.

Comprar: Steam | PlayStation Store | Xbox Marketplace | Microsoft Store | Google Play | App Store


95. Just Shapes & Beats

Just Shapes & Beats é o título deste jogo, mas também poderia ser a sinopse. A jogabilidade, como deve imaginar, é baseada completamente em formas e batidas, criando um jogo extremamente satisfatório e rápido (em seu gameplay inspirado nos antigos jogos de bullet hell) que auxilia o jogador a acompanhar o ritmo com sua trilha sonora inigualável. Este jogo, desenvolvido pela Berzerk Studio, prova que gráficos complexos ou realistas são completamente desnecessários se houver um jogo bem feito para compensá-los.

Lançado em 31 de maio de 2018. Disponível para PC e Switch.

Comprar: Steam


94. Furi

Já se tornou um clichê comparar jogos à série Dark Souls. Dito isto, Furi é o Dark Souls dos jogos indie. Não só por ser difícil, mas por suas mecânicas de combate um a um que se assemelham bastante à dos jogos da From Software. É difícil chegar ao fim de Furi, mas cada vitória nesse jogo do estúdio The Game Bakers é infinitamente satisfatória.

Lançado em 5 de julho de 2016. Disponível para PC, PlayStation 4, Switch e Xbox One.

Comprar: Steam | GoG | PlayStation Store | Microsoft Store


93. Full Metal Furies

Um dos melhores beat ‘em ups da década, Full Metal Furies é cheio de charme e amor, mesmo com sua jogabilidade brutal. Divertido em um jogador, o jogo é um grande programa para grupos de até quatro pessoas. Não era de se esperar menos qualidade da Cellar Door Games, estúdio por trás de outro jogo que aparecerá mais para frente nesta lista.

Lançado em 17 de janeiro de 2018. Disponível para PC, Switch e Xbox One.

Comprar: Steam | Microsoft Store


92. Game Dev Tycoon

A Greenheart Games conseguiu capturar os processos de desenvolvimento de jogos em uma mecânica simples que evolui com o tempo. Durante toda a campanha, a evolução de cada um dos aspectos é clara e visível, tornando-a incrivelmente satisfatória. Além disso, ver os acontecimentos da indústria real de games simulados em um jogo é muito interessante, e os textos são recheados de um humor sutil. Game Dev Tycoon é, no fim das contas, um jogo muito agradável que merece sua atenção.

Lançado em 10 de dezembro de 2012. Disponível para PC, Android, iOS e Windows RT.

Comprar: Steam | Google Play | App Store


91. A Hat in Time

Se existe um mercado que não está saturado, é o mercado de jogos de plataforma em 3D. Por muito tempo, os únicos grandes jogos deste estilo foram os clássicos de há algumas gerações. E, depois do relativo fracasso crítico de Yooka-Laylee, o gênero parecia morto. Isto até a Gears for Breakfast lançar o inegavelmente divertido A Hat in Time, que vai muito além de homenagear clássicos para criar uma experiência realmente única.

Lançado em 5 de outubro de 2017. Disponível em PC, PlayStation 4, Switch e Xbox One.

Comprar: Steam | PlayStation Store | Microsoft Store


90. Overcooked! 2

Caos. Caos é a única palavra que pode descrever Overcooked! 2. A sequência, desenvolvida pela Ghost Town Games, é tudo que um jogo de co-op de sofá deveria ser, e o mais importante: tem um grande potencial para terminar amizades. Esqueça tudo que você relaciona a jogos de culinária e tente se adaptar a este ritmo frenético.

Lançado em 7 de agosto de 2018. Disponível para PC, PlayStation 4, Switch e Xbox One.

Comprar: Steam | PlayStation Store | Microsoft Store


89. Shantae and the Pirate’s Curse

Shantae and the Pirate’s Curse, da WayForward Technologies, é um ótimo jogo pra quem procurar simplesmente se divertir com um game depois de um longo dia. Todos os elementos necessários estão aqui: visuais agradáveis e personagens carismáticos, um ótimo senso de humor, jogabilidade simples de aprender e mapas interessantes e diversos. O jogo bebe de muitas fontes e não esconde isso. Ao invés disso, usa o que aprendeu de melhor com suas referências.

Lançado em 23 de outubro de 2014. Disponível para 3DS, Fire OS, PC, PlayStation 4, Switch, Wii U e Xbox One.

Comprar: Amazon | Steam | PlayStation Store | Microsoft Store


88. Nidhogg

É estranho que um jogo com gráficos tão simples consiga ser tão divertido quanto gigantes da indústria como Mortal Kombat e Street Fighter. Mas esta é a verdade. Seja pelas animações, pelo humor intencional ou pela rivalidade que o jogo provoca, a Messhof encontrou ouro nesta fórmula, que até rendeu uma sequência.

Lançado em 13 de janeiro de 2014. Disponível para PC, PlayStation 4 e PlayStation Vita.

Comprar: Steam | PlayStation Store (PS4) | PlayStation Store (PSVita)


87. Hotline Miami

Hotline Miami é um dos jogos independentes mais reconhecidos pelo público geral, e com bom motivo. Da Dennaton Games, o jogo é violento e muito inovador, misturando elementos de ação e estratégia e forçando o jogador a pensar tendo em mente todos os elementos de um edifício para passar de fase.

Lançado em 23 de outubro de 2012. Disponível para PC, PlayStation 3, PlayStation 4, PlayStation Vita e Android.

Comprar: Steam | GoG | PlayStation Store (PS3) | PlayStation Store (PS4) | PlayStation Store (PSVita) | Google Play


86. Golf Story

Inspirado no antigo Mario Tennis para o Game Boy Color, Golf Story é muito mais que um simples jogo de golfe, incorporando elementos de RPG e com uma história que guia a jogatina. Tudo isso é embalado pela Sidebar Games em um visual e trilha sonora relaxantes para uma experiência inesquecível.

Lançado em 28 de setembro de 2017. Disponível para Switch.


85. The Messenger

Às vezes, tudo que um jogo precisa é de uma jogabilidade sólida e divertida. E é isso que a Sabotage Studio oferece em The Messenger, um jogo desafiador, com diálogos inteligentemente escritos, gameplay frenético e que requer habilidade e reflexos velozes e, como a cereja do bolo, uma transição suave entre 8 e 16-bits no meio da jogatina.

Lançado em 30 de agosto de 2018. Disponível para PC e Switch.

Comprar: Steam | GoG | Epic Games Store


84. Machinarium

Primeiro jogo internacionalmente reconhecido do estúdio checo Amanita Design, Machinarium cria a fundação para o que tornaria a empresa conhecida: jogos de puzzle point-and-click com personagens engraçados e visuais quase infantis, criando uma atmosfera nostálgica mas sem afetar o desafio do gameplay. Assim seriam produzidos seus próximos jogos, como Botanicula e CHUCHEL.

Lançado em 16 de outubro de 2009. Disponível para PC, PlayStation 3, PlayStation 4, PlayStation Vita, Switch, Android, BlackBerry OS, iOS, Windows Phone.

Comprar: Steam | GoG | PlayStation Store (PS3) | PlayStation Store (PS4) | PlayStation Store (PSVita) | Google Play | App Store | Microsoft Store


83. Kerbal Space Program

Jogos baseados em física geralmente a utilizam para criar cenários engraçados ou inusitados. Kerbal Space Program, porém, apesar de seus personagens cômicos, é um simulador surpreendentemente preciso das mecânicas de um lançamento espacial, fato que o levou a ser generosamente premiado em feiras de jogos ao redor do mundo. Desenvolvido pela Squad, uma sequência está agora sendo desenvolvida por sua publicadora original, a Private Division.

Lançado em 27 de abril de 2015. Disponível para PC, PlayStation 4 e Xbox One.

Comprar: Steam | GoG | PlayStation Store | Microsoft Store


82. Amnesia: The Dark Descent

Com tantos jogos de terror sendo lançados baseados apenas em jumpscares, sem foco em criação de atmosfera, é difícil lembrar de que o predecessor desta explosão de popularidade do gênero era um jogo tão atmosférico e aterrorizante quando Amnesia: The Dark Descent, da Frictional Games. Sem depender de sustos baratos, é daqueles jogos que vão te fazer passar trabalho para dormir à noite.

Lançado em 8 de setembro de 2010. Disponível para PC, PlayStation 4 e Xbox One.

Comprar: Steam | PlayStation Store | Microsoft Store


81. Kentucky Route Zero

Outro jogo que cria muito bem uma atmosfera é Kentucky Route Zero, da Cardboard Computer. Mas, dessa vez, a atmosfera não é de terror, e sim algo envolvente, misterioso e até mesmo mágico ou fantástico. Como uma série de TV, KRZ foi lançado aos poucos desde 2013, tendo seu esperado final lançado mesmo neste ano, passando longe de decepcionar.

Lançado entre 7 de janeiro de 2013 e 28 de janeiro de 2020. Disponível para PC, PlayStation 4, Switch e Xbox One.

Comprar: Steam | GoG | PlayStation Store | Microsoft Store

Previous Article
Sky Racket — Análise
Comments (0)

Deixe uma resposta

Não perca nenhuma novidade!
%d blogueiros gostam disto: