Subnautica – Análise

Um oceano de possibilidades.

Os 10 melhores jogos indie de 2018

O ano de 2018 foi emblemático para indies. Mas quais foram os 10 melhores?

Celeste – Análise

A cada passo, um aprendizado.

GRIS – Análise

Sentimentalidade aquarelada.

Desert Child – Análise

Muito estilo, pouca substância.

Return of the Obra Dinn – Análise

Um mar de maldições.

7
The Adventure Pals – Análise

Uma história de amor, girafas e cachorros-quentes.

7.5
Life is Strange: Before the Storm – Análise

Uma verdadeira tempestade de sentimentos.

7
Oxenfree – Análise

Eu sei o que vocês fizeram no verão passado.

9
ABZÛ – Análise

Um profundo mergulho.

7.5
Steredenn – Análise

Ao infinito e além!

6
Minit – Análise

Minuto a minuto.

8.5
InnerSpace – Análise

Um mergulho no subconsciente.

Por que eu desisti da indústria de jogos AAA?

Para mim, chega.

2
Trigger Run – Análise

Só mais um na multidão.

Os jogos indie mais esperados de 2019

Gansos, aliens e bruxas.

Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios
Não perca nenhuma novidade!
Anúncios